08/09/08

QUADRAS DA QUEIMA DAS FITAS


“Teus olhos, contas escuras,
São duas ave-marias
Dum rosário de amarguras
Que eu rezo todos os dias.
..
Amas a Nosso Senhor
Que morreu por toda a gente,
E a mim não me tens amor
Que morro por ti somente!
..
Há no mundo quem aponte
Uma mulher quando cai.
Nasce água limpa na fonte,
Quem a suja é quem lá vai.
..
Lá por ser de gente fina,
Não me tire a mim o rol.
A lua é bem pequenina
- E às vezes encobre o sol.
..
Marque bom chapéu quem manda
E neja quem obedeça.
O chapéu dos pobres anda
Mais na mão que na cabeça...”
...
Augusto Gil

Sem comentários:

Enviar um comentário

Enviar um comentário